COMO DAVI... SÊ TU MESMA!


Querida amiga, hoje gostaria de te levar a olhar para ti mesma e a te veres como Deus te vê. Certamente vais encontrar coisas boas, de que és capaz, nas quais tens bastante experiência e consequentemente destreza. Também, vais encontrar coisas que necessitam ser moldadas, arrancadas da tua vida e até limitações que te levam a depender da ajuda de outros e no fim de tudo isto, és uma filha amada, alguém que o Pai ama, corrige e tem prazer.

No entanto, muitas mulheres não se conseguem ver desta forma equilibrada e então desejam ser e fazer o que outras mulheres são e fazem. Quão tristes são estas mulheres! Vivem em constante frustração, ânsia e cobiça. O seu verdadeiro alvo é ser como as outras e desprezam, por vezes até desconhecem o potencial que o Senhor colocou dentro delas.

Sê aquilo que Deus quer que sejas e faz aquilo para o qual Ele te preparou e chamou a executar. Coloca os teus olhos Nele e conhece o plano que O Senhor traçou para ti. Não andes, não trabalhes, não lutes com aquilo que não tens e muito menos com o que não é teu. Davi foi um exemplo destes quando diante do rei Saul, ofereceu-se para lutar com o gigante Golias. Davi não tinha experiência como soldado, muito menos tinha vestido uma armadura e por isso ele responde de uma maneira tremenda: «E Davi cingiu a espada sobre as suas vestes e começou a andar; porém nunca o havia experimentado; então, disse Davi a Saul: Não posso andar com isto, pois nunca o experimentei. E Davi tirou aquilo de sobre si. E tomou o seu cajado na mão...» I Sm 17.39-40ª

Deste modo, não penses que aquilo que os outros têm é melhor, mas começa a apreciar o que Deus tem te feito viver, as capacidades na área em que tu sabes desenvolver para a sua glória, para que esses talentos possam ser multiplicados. Tu és única e por isso também deixa-te ser usada de uma forma única por Deus. O «simples cajado e pedrinhas que tens» nas tuas mãos, podem ser ferramentas poderosas no Senhor.

Como Davi, retira de ti aquilo que não te serve e que não te foi entregue por Deus para usares.

Por fim, querida amiga, à semelhança de Saul, não lances sobre os outros, pesos, ferramentas, estratégias desnecessárias. Aceita as pessoas como elas são. Valoriza-as. Conhece os seus potenciais e ajuda-os. Não queiras que sejam igual a ti ou simplesmente o que tu gostarias que elas fossem ou fizessem. Elas também são únicas como tu és.

Com amor
Isabel Pereira

1 comentário:

Danilo Fernandes disse...

Ola Isabel!


Queria convidar você para conhecer o meu blog, o Genizah que horas é pirado e engraçado, horas é exaltado e sério, mas é super do bem e tem como regra levar o Evangelho da Liberdade Verdadeira e a Santa Subversão de Jesus ao mundo egocêntrico e perdido nos seus valores! E, ainda dando tempo, aproveito para tirar uma onda com este pessoal que anda explorando a fé das pessoas e ainda dizendo que são cristãos... Ops!

Por minha vez, já me tornei seu seguidor.

Abraços em Cristo e Paz!

Danilo

http://www.genizahvirtual.com/

Filme Jesus

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites